Faça login na sua conta!

Ainda não tem uma conta? Cadastre-se agora mesmo!

Mega Colunistas

Colunistas

Patrimônio seguro: tecnologias podem evitar crimes de invasão, roubo e furto

Publicado em 28/06/2021 - 13:36 Por Marco Antonio Rodrigues de Oliveira
destaque
Créditos da imagem: rawpixel.com no Freepik

A tecnologia pode ser grande aliada quando o assunto é segurança. Podemos destacar que muitos crimes são evitados com o uso de câmeras, e que muitos são solucionados com a ajuda desses mesmos equipamentos. E além deles, muitos outros também são eficazes em garantir a nossa proteção e de nossos patrimônios: alarmes, sensores, fechaduras inteligentes, interfones conectados à internet, entre outros. Dos mais comuns aos mais modernos, as opções de recursos digitais são imensas. As vantagens também. Nesse texto, serão apresentados os benefícios de alguns dos tipos mais acessíveis e eficientes:


Alarme não monitorado e alarme monitorado

Por meio do alarme não monitorado, é emitido um sinal em caso invasão ou tentativa. A partir daí, o proprietário do imóvel fica responsável por chamar a polícia. Já com o uso do alarme monitorado, a empresa de tecnologia em questão é a responsável por analisar a ocorrência, e entrar em contato com os profissionais e órgãos necessários.

Vale destacar que a verificação do sistema é feita 24 horas por dia. Então, as medidas necessárias serão tomadas com agilidade. Essa é a principal vantagem do sistema monitorado. No entanto, para quem deseja um investimento mais baixo, o sistema não monitorado pode ser suficiente. Em ambos os alarmes é possível realizar o controle a distância, desarmando e armando os alarmes.

Câmeras

 

Ao contrário do que muita gente pensa, as câmeras não são todas iguais. Um dos modelos mais populares utilizados em residências é o chamado dome, uma câmera de formato circular, pequena e discreta. No entanto, além dela existem ainda outros tipos de câmera, como a câmera bullet, cujo formato lembra o de uma arma de fogo. Também popular, esse tipo de câmera é ideal quando se quer destacar que um espaço é seguro e protegido. É muito popular em espaços comerciais.

Para quem deseja uma câmera com ótimo enquadramento e foco, as câmeras varifocais podem ser a melhor escolha. Isso porque são ajustáveis em vários níveis, com o objetivo de conseguir a melhor imagem de determinado ambiente. Por fim, entre as câmeras mais utilizadas está também a speed dome. Essa câmera deve ser utilizada em conjunto com outras, pois sua área de enquadramento pode ser deficiente. Com zoom e fazendo movimentos (de modo automático ou manual) ela visa gravar uma parte do espaço por vez. É ideal para locais com grande extensão e públicos.

Interfones

Além do interfone convencional, existem ainda outros modelos mais modernos e que podem garantir maior segurança. O interfone virtual, por exemplo, dispensa o contato da portaria com os moradores, e além de prático, guarda informações como histórico de visitas e horários. Com ele, as chamadas de visitantes são enviadas para os celulares dos residentes.

Outra opção de interfone são os aparelhos com acesso a vídeos. Com eles, é possível ver quem acessou a entrada do prédio, garantindo maior controle dos visitantes e evitando crimes.

 

Cerca elétrica

A cerca elétrica, que já está presente em muitas casas, funciona a partir de uma carga de alta tensão que é originada na rede elétrica. É uma barreira física que impede infratores de pularem muros, portanto, é muito eficaz.

A intensidade da carga elétrica transmitida através do toque pode variar de acordo com o modo de instalação, no entanto, não se aproxima de uma carga letal ao ser humano. As cerca elétricas são pensadas para causarem desconfortos que vão inibir a invasão por estranhos, e não são capazes de ceifar a vida de alguém.

Entre as principais vantagens da cerca elétrica estão sua durabilidade e baixo custo em relação aos resultados (já que opera usando uma fonte convencional de energia). Assim como os alarmes, as cercas podem ser monitoradas ou não. Elas também podem ser ligadas a outros aparelhos de segurança ou não.

É importante destacar que as cercas devem ser configuradas por profissionais especializados, em caso contrário podem gerar acidentes.

Alarmes e rastreadores automotivos

Os alarmes automotivos são regra para quem quer manter o veículo seguro. O modelo mais comum é o alarme perimétrico, que apenas apita quando alguém tenta abrir a porta quando o alarme está acionado. No entanto, esse tipo de alarme pode não garantir o acionamento em caso de abertura do porta-malas, por exemplo.

Além desse tipo, existe também outras opções interessantes. O alarme volumétrico, por exemplo, monitora também sons e movimentações dentro do veículo.

Já o sensor de movimento adaptado, dispara caso alguns índices (como velocidade e inclinação do veículo) sejam alterados. É ideal para a prevenção de furto de veículos que estão estacionados. Se alguém tentar retirar o carro com um guincho, será impedido, por exemplo.

Por fim, é relevante destacar outro recurso que vem ganhando cada vez mais adeptos e que é essencial: os rastreadores. Quando se paga uma empresa de segurança e rastreio, o carro é verificado 24 horas por dia. Se o veículo for roubado, ele é identificado de forma ágil e emitirá um alarme. A polícia será acionada de forma imediata.

O preço a ser desembolsado pode ser considerado alto devido a mensalidade que deverá ser paga. No entanto, sua alta eficácia compensa o custo.

Outros recursos

Além dos recursos mais populares para a segurança da casa, estabelecimentos comerciais e veículos, há também os menos utilizados, mas que estão cada vez mais ligados a ideia de “espaços inteligentes”:

Fechaduras inteligentes e automatizadas, aparelhos que utilizam a biometria, sensores infravermelhos, e “botão do pânico” são algumas das opções.



*Em caso de ocorrência, você pode acionar a Polícia Militar de Minas Gerais pelo número 190.



Tags: Patrimônio, segurança, tecnologia, câmera, alarme, rastreador, prevenção de crimes
 Marco Antonio Rodrigues de Oliveira Marco Antonio Rodrigues de Oliveira
Segurança E Cidadania

O Coronel Marco Antonio Rodrigues de Oliveira, natural de Juiz de Fora MG, ingressou na Academia de Polícia Militar em 1991 como cadete e encerrou sua carreira em 2021 como comandante do 2º BPM. É filho de Policial Militar, o qual o inspirou para entrar na carreira. Nesses 30 anos dedicados a PMMG, exerceu funções em seis cidades diferentes: Belo Horizonte, Juiz De Fora, Ubá, Matias Barbosa, Ribeirão das Neves e Betim. Trabalhou em diversas funções administrativas e operacionais, além de ter recebido diversas honrarias pelos diversos serviços prestados, dentre elas a Medalha Alferes Tiradentes, maior honraria da PMMG. O amor pela área de segurança pública sempre fará parte de sua vida, assim, com o propósito de ajudar a quem precisa, Cel Marco vê uma oportunidade de transportar um pouco do seu universo para cá, trazendo informações relevantes que relacionam com a área para seus leitores.

Leia também: Usuários de aplicativos de delivery devem se atentar ao golpe da maquininha de cartão