Faça login na sua conta!

Ainda não tem uma conta? Cadastre-se agora mesmo!

Mega Colunistas

Colunistas

Aplicativo atrai fãs de Round 6 e infecta celulares com vírus

Publicado em 12/11/2021 - 17:07 Por Marco Antonio Rodrigues de Oliveira
destaque
Créditos da imagem: Reprodução Netflix

Um aplicativo que prometia entregar papéis de parede do seriado Round 6, da Netflix, foi responsável por instalar em mais de 5 mil celulares um malware malicioso, com potencial para roubar dados dos usuários do Android. Ao invés das imagens, o aplicativo cadastrava as vítimas em serviços pagos via SMS, cujo dinheiro ia para a conta dos golpistas.

Descoberto por um especialista, tudo começava com o download do software pela Google Play Store. A partir daí, o vírus (chamado Joker) tinha acesso ao que era digitado no aparelho.

Avisado pela empresa de cibersegurança, ESET, o Google já retirou o aplicativo de sua loja virtual.

Outros casos

O sistema Android já foi alvo de muitas outras polêmicas envolvendo aplicativos maliciosos. Em uma das divulgações mais recentes, uma empresa sul-coreana de cibersegurança, a Zimperium, revelou nesta semana um novo spyware  que atinge o sistema operacional. De acordo com a empresa ele é capaz de se passar por mais de 23 aplicativos diferentes, tendo infectado mais de 1.000 pessoas na Coreia do Sul.

Além de roubar informações particulares, como contatos, e-mails e senhas guardadas nos aparelhos, o vírus também foi capaz de ligar a câmera e o microfone, e ainda obter acesso à localização do GPS.

Já em outro caso, divulgado no último dia 28, dessa vez investigado pela empresa Lookout Threat Lab, o vírus descoberto e denominado como AbstractEmu, era capaz de acessar o root do celular, modificando as configurações do sistema. Ele coletava informações e enviava para outro servidor.

Até o momento da divulgação do episódio, 19 aplicativos que continham o vírus já haviam sido excluídos das lojas do Google.

Como se proteger

Antes de realizar o download de qualquer aplicativo é essencial verificar sua procedência e segurança. Você pode verificar quais são as permissões requeridas pelo programa, como permissões para usar o microfone ou a câmera.

Alguns aplicativos podem requerer acesso a essas ferramentas para funcionar, como os de edição de imagens e bate-papo, no entanto, outros se aproveitam das permissões concedidas para roubarem informações.

Por fim, nunca clique em links suspeitos e nunca baixe aplicativos em sites desconhecidos, apenas de locais oficiais.

Tags: aplicativo, golpe, vírus, android, round 6, malware
 Marco Antonio Rodrigues de Oliveira Marco Antonio Rodrigues de Oliveira
Segurança E Cidadania

O Coronel Marco Antonio Rodrigues de Oliveira, natural de Juiz de Fora MG, ingressou na Academia de Polícia Militar em 1991 como cadete e encerrou sua carreira em 2021 como comandante do 2º BPM. É filho de Policial Militar, o qual o inspirou para entrar na carreira. Nesses 30 anos dedicados a PMMG, exerceu funções em seis cidades diferentes: Belo Horizonte, Juiz De Fora, Ubá, Matias Barbosa, Ribeirão das Neves e Betim. Trabalhou em diversas funções administrativas e operacionais, além de ter recebido diversas honrarias pelos diversos serviços prestados, dentre elas a Medalha Alferes Tiradentes, maior honraria da PMMG. O amor pela área de segurança pública sempre fará parte de sua vida, assim, com o propósito de ajudar a quem precisa, Cel Marco vê uma oportunidade de transportar um pouco do seu universo para cá, trazendo informações relevantes que relacionam com a área para seus leitores.

Leia também: Rinha de galo é prática criminosa e deve ser denunciada