Faça login na sua conta!

Ainda não tem uma conta? Cadastre-se agora mesmo!

Mega Colunistas

Colunistas

Saia Do Piloto Automático

Publicado em 23/04/2021 - 20:47 Por Letícia Lagoa
destaque
Créditos da imagem: acervo do site Lagoa da Terra
No fim de semana tive a oportunidade de participar, como convidada, de um curso de Mindfulness oferecido pelo Hospital Oswaldo Cruz de São Paulo. O tema “Experiência da Vida Humana Descobrindo a Maestria Interior para Enfrentar a Pandemia” foi dedicado aos profissionais da área da saúde e teve cerca de 11 mil inscritos – número bastante relevante que, inclusive, chamou a atenção dos próprios organizadores do evento.

Não há como negar que o atual momento pede oportunidades como esta. A ciência já comprovou que práticas meditativas ajudam a acalmar a mente e são acessíveis a todos. Sempre gosto de tocar nesse assunto porque pratico a técnica do Mindfulness e sinto os resultados no meu corpo. Hoje adoeço bem menos, vivo o presente bem mais e compreendo melhor as situações que não tenho controle.  Claro, ter a “atenção plena” em todas as coisas que faço não é fácil (o piloto automático insiste em ficar com a luz acesa o tempo todo), mas aprendi que tudo é questão de hábito, de disciplina, assim como escovar os dentes, tomar banho, fazer refeições ou malhar na academia. 

No curso, o doutor em psicobiologia (UNIFESP) e especialista em Mindfulness, Marcelo Csermak, falou desse nosso insistente “piloto automático” - que não nos deixa enxergar claramente a necessidade da mudança. E para piorar, na pandemia, os nossos pensamentos estão tão negativos que o corpo sente essa vibração. Então como podemos olhar de outra maneira as questões que estamos vivendo? Segundo ele, pare e perceba o que você sente. As mudanças psicológicas começam a ocorrer com um olhar diferente. Precisamos afastar as mãos do rosto para enxergá-las de fato. 

Tente fazer isso agora, é interessante a percepção.

Uma pesquisa recente, também citada pelos palestrantes, revelou que 86% das 17 mil pessoas entrevistadas disseram estar ansiosas no atual momento. E em um dos meus artigos anteriores, citei que nós somos o país mais deprimido da América Latina. Portanto, não faltam números para provar o quão é importante monitorarmos a qualidade dos nossos pensamentos, das nossas emoções nesses tempos tão difíceis. 

O Mindfulness tem sido uma das técnicas mais estudas nos últimos anos com potencial efeito e evidência clínica.  Quanto mais tempo no dia a pessoa passar focada, mais sensação de bem-estar. Quando mais a mente divagar, mais sentimentos ruins. Resumindo, treinar a mente para ter necessidade de foco direciona a comportamentos saudáveis, segundo as pesquisas.  

Fazer cursos, sem dúvida, é um dos caminhos que eu encontrei para mudar o foco. Consigo sair das (pre)ocupações que me paralisam, cada vez mais.

Não é todo mundo que se adapta a uma mudança, mas é importante começar a treinar para isso.
A boa notícia é que na próxima semana continuaremos a falar deste assunto em formato de áudio. No Podcast Lagoa da Terra, o nosso convidado especialista em Mindfulness,  dr Marcelo Csermak, vai explicar e dar exemplos práticos de como a técnica pode ajudar a acalmar a mente, principalmente, dos nossos profissionais da saúde. 

Até e se cuidem!

Tags: ansiedade, pandemia, terapias integrativas, terapias complementares, coronavírus, saúde mental, depressão, estresse, bem estar, mindfulness, meditação
 Letícia Lagoa Letícia Lagoa
Reviva PlenaMente

Jornalista há mais de 20 anos, sendo a maior parte da carreira dedicada às matérias esportivas nacionais e internacionais. Foi editora-chefe e apresentadora do Globo Esporte da TV Integração, repórter da Globo Minas e, na Globo São Paulo, integrou o quadro de editores do SPORTV. Ao enfrentar uma depressão profunda, anos atrás, transformou o momento difícil em aprendizado e passou a se dedicar, exclusivamente, aos estudos e temas que promovem a saúde mental e melhor qualidade de vida. É pós-graduada em Saúde Integrativa e Bem-estar pelo Hospital Albert Einstein/SP, instrutora de Mindfulness (UNIFESP), mestre em Reiki e iogue pelo IEPY/Instituto Kaivalyadhama (Índia).

Leia também: Por que escolhi Mindfulness