Faça login na sua conta!

Ainda não tem uma conta? Cadastre-se agora mesmo!

Mega Colunistas

Colunistas

Constelação Familiar: uma nova forma de ver as relações

Publicado em 04/06/2021 - 19:22 Por Letícia Lagoa
destaque
Créditos da imagem: arquivo pessoal

Na coluna desta semana, conversei com a jornalista mineira Ana Cristina Gouveia sobre Constelação Familiar – uma técnica complementar inserida no Sistema Único de Saúde, desde 2018, que ajuda a superar bloqueios, traumas e angústias que adoecem a mente e o corpo. Eu já havia ouvido falar sobre, mas não tinha ideia de como era vivenciá-la na prática.

Há alguns dias da nossa gravação, ela simulou, de forma muito acolhedora, um cenário onde os meus familiares apareciam. Era como se eu estivesse assistindo à representação da minha própria vida. Os “bonecos” eram posicionados de acordo com as minhas respostas e com o que eu estava sentindo naquele momento. Segundo ela, o método, criado pelo missionário alemão Bert Hellinger, ajuda a compreendermos situações conflituosas entre gerações e questões profissionais que acabam interferindo na nossa saúde mental e física.


Ficou curioso como eu fiquei? Então é só clicar  aqui e aproveitar a sessão!

;

Tags: familia, pandemia, constelação familiar, terapias integrativas, terapias complementares, saúde mental, bem estar
 Letícia Lagoa Letícia Lagoa
Reviva PlenaMente

Jornalista há mais de 20 anos, sendo a maior parte da carreira dedicada às matérias esportivas nacionais e internacionais. Foi editora-chefe e apresentadora do Globo Esporte da TV Integração, repórter da Globo Minas e, na Globo São Paulo, integrou o quadro de editores do SPORTV. Ao enfrentar uma depressão profunda, anos atrás, transformou o momento difícil em aprendizado e passou a se dedicar, exclusivamente, aos estudos e temas que promovem a saúde mental e melhor qualidade de vida. É pós-graduada em Saúde Integrativa e Bem-estar pelo Hospital Albert Einstein/SP, instrutora de Mindfulness (UNIFESP), mestre em Reiki e iogue pelo IEPY/Instituto Kaivalyadhama (Índia).

Leia também: Por que escolhi Mindfulness