Faça login na sua conta!

Ainda não tem uma conta? Cadastre-se agora mesmo!

Mega Colunistas

Colunistas

Quando Vi Já Estava Correndo

Publicado em 06/10/2020 - 20:39 Por Nilson Lima - Artigo editado em 17/11/2020 - 18:57
destaque
Créditos da imagem: Imagem web

Experimente dar o primeiro passo, tente, foi assim comigo, comecei por acaso e quando vi já estava correndo. 


Imagem de internet

A história de corredores começa das maneiras mais diversas: vontade de emagrecer, indicação médica, pé na bunda, abandonar algum vício, sair da rotina e por aí vai. Correr é uma das ações mais básicas da natureza humana. A partir dessa simplicidade, inventamos muitas maneiras de praticá-la. Tem pra todos os gostos: sozinho, em grupo, na rua, na terra, na praia, na montanha, rápida, lenta, por uma causa, descalço....

Também são diversas as maneiras pelas quais a corrida consegue transformar as pessoas. Pra resumir, basicamente quem corre ganha uma vida melhor e mais vontade de vive-la. E a animação se espalha facilmente. O número de praticantes tem crescido muito em todo mundo. Conseguir uma inscrição nas grandes maratonas é uma verdadeira loteria.

Imagem da Internet
Imagem da internet

Só pra exemplificar, a maratona de Londres deste ano, na qual eu estava inscrito e foi realizada só com atletas de elite, havia 460 mil corredores interessados, para apenas 40 mil vagas disponíveis.

A vontade de correr espalhou pelo mundo, e no Brasil não é diferente, estima-se em cerca de 4 milhões a quantidade de pessoas que correm com frequência. E quem começa não quer mais parar. Se você é corredor sabe bem do que estou falando. Se ainda não corre, vale a pena entrar nessa tribo e conhecer melhor o que eles dizem.

Ao ouvir os relatos com as histórias de superação dessa turma, vai ficar difícil não sentir uma coceira nas pernas, querendo correr. Experimente dar o primeiro passo, tente, foi assim comigo, comecei por acaso e quando vi já estava correndo. 


;

Tags: corrida, benefícios da corrida, começar a correr
 Nilson Lima Nilson Lima
Por aí, com Nilson Lima

Nilson Lima é um apaixonado por corridas, entre maratonas e ultras, prova de 42k e acima, foram 270 pelo mundo, a pandemia adiou o sonho das 300, mas este sonho continua. Chegou perto do honroso sub3 na maratona, seu RP (recorde pessoal), nos 42k é de 3:00:02. A ultra maratona mais longa que fez foi de 135 milhas (217km). Já correu em 41 países, 5 continentes, 9 Boston, 7 Comrades (90k, Africa do Sul), as 6 Majors (Londres, Berlim, Toquio, Chicago, Boston e Nova Iorque), 50 maratonas nos 50 estados americanos e em todos os países da América do Sul. É grato pela maratona Nilson Lima de Uberlândia, única do país com o nome de um corredor. Parte da sua história está no livro "No caminho eu conto". Por aqui, pretende compartilhar histórias e experiências que sirvam de inspiração para estimular e promover a prática da atividade física em geral.

Leia também: Para Virar O Jogo