Faça login na sua conta!

Ainda não tem uma conta? Cadastre-se agora mesmo!

Mega Colunistas

Colunistas

Novos Tempos

Publicado em 13/11/2020 - 17:06 Por Nilson Lima - Artigo editado em 13/05/2021 - 07:08
destaque
Créditos da imagem: Arquivo pessoal

É preciso se adaptar aos novos tempos pra uma retomada com segurança nas corridas.

Organizadores Maratona Pedra Azul - ES 2020                                                        

Sou movido a desafios, na corrida isto é essencial para seguir adiante. A minha programação pra 2020 era intensa. Mas, com a pandemia tudo parou, as provas foram canceladas e fiquei sem “norte” até para treinar. As corridas virtuais eram um alento pra não ficar parado. Mas, nada substitui o glamour de uma prova presencial ao lado dos amigos.

Arquivo pessoal. Percurso Rota do Lagarto na Maratona Pedra Azul - ES





















A última foi no início do ano. Depois de tanto tempo sem cruzar uma linha de chegada, finalmente a adrenalina está de volta. Aconteceu domingo (8) a Maratona Pedra Azul, no município de Domingos Martins no Espírito Santo. A primeira maratona do Brasil, autorizada neste período de pandemia. O sinal verde, ocorreu com uma série de medidas para tender o protocolo de proteções sanitárias. 

A quantidade de inscritos foi reduzida pela metade, havia álcool gel em vários pontos e a largada realizada por ondas com distanciamento. Além disto, o sistema de hidratação e a entrega de medalhas e troféus em formato self-service, ou seja, sem contato com os staffs. Claro, também era obrigatório o uso de máscara na largada, chegada e no local da arena.

Arquivo pessoal, linha chegada da Maratona Pedra Azul - ES
Arquivo pessoal, linha chegada da Maratona Pedra Azul - ES

Para quem é “maraturista” como eu que gosta de correr e passear, Pedra Azul é o lugar ideal. Uma região com belas paisagens naturais, conhecida também como a rota romântica das montanhas capixabas.

É preciso se adaptar aos novos tempos pra uma retomada com segurança, nas corridas. Após um ano tão difícil, foi neste cenário a minha 270ª maratona e que venha logo a 300ª.

;

Tags: Corrida, natureza, viagem, saude, atividade fisica, maratona
 Nilson Lima Nilson Lima
Por aí, com Nilson Lima

Nilson Lima é um apaixonado por corridas, entre maratonas e ultras, prova de 42k e acima, foram 271 pelo mundo, a pandemia adiou o sonho das 300, mas este sonho continua. Chegou perto do honroso sub3 na maratona, seu RP (recorde pessoal), nos 42k é de 3:00:02. A ultra maratona mais longa que fez foi de 135 milhas (217km). Já correu em 41 países, 5 continentes, 9 Boston, 7 Comrades (90k, Africa do Sul), as 6 Majors (Londres, Berlim, Toquio, Chicago, Boston e Nova Iorque), 50 maratonas nos 50 estados americanos e em todos os países da América do Sul. É grato pela maratona Nilson Lima de Uberlândia, única do país com o nome de um corredor. Parte da sua história está no livro "No caminho eu conto". Por aqui, pretende compartilhar histórias e experiências que sirvam de inspiração para estimular e promover a prática da atividade física em geral.

Leia também: A Luz Vermelha