Faça login na sua conta!

Ainda não tem uma conta? Cadastre-se agora mesmo!

Mega Colunistas

Colunistas

A linha de chegada

Publicado em 15/09/2021 - 15:35 Por Nilson Lima
destaque
Créditos da imagem: Imagens da Web A linha de chegada

A corrida é uma das únicas modalidades onde qualquer mortal, mesmo sem o menor biótipo de corredor pode participar de um mesmo evento que o recordista mundial. Percorrer o mesmo percurso, ser visto pelas mesmas pessoas, ocupar o mesmo espaço e, sobretudo, desfrutar do momento mágico de cruzar a linha de chegada. Observar a expressão daqueles que terminam uma prova de corrida é um espetáculo a parte. 


Corredora amadora em uma linha de chegada
Imagem da Web, corredora simulando linha de chegada

É contagiante observar as mais variadas reações. Tem gente feliz e sorrindo, gente chorando de alegria, dando socos no ar, alguns chegam gritando, comemorando a superação pessoal. Tem gente humilde, abonada, gente chique e mal-vestida. Magrinhos, gordinhos, baixinhos, altos, discretos, acabados e inteirinhos. 

 

À frente normalmente chegam os mais privilegiados pela invejável genética, porém muito castigados pela dura rotina de treinos e cujos corpos resistiram as dificuldades da vida. Mas logo atrás, também cruzam a mesma linha de chegada os esforçados, os descoordenados, as mulheres que combinam a roupa com a maquiagem.


A linha de chegada de uma corrida
Linha de chegada. Imagem da web

Tem os mais simples com tênis barato, e aqueles com tênis tecnológicos de último modelo, os de roupas discretas e os fantasiados. Cruzar a linha de chegada é o registro de um momento cuja lembrança irá transcender, por anos a fio. Assim, é o mundo mágico da corrida o vencedor não é somente quem chega em primeiro lugar. Mas, todos aqueles que cruzam a democrática linha de chegada.

Tags: Beneficios da corrida, Dedicação pra chegar
 Nilson Lima Nilson Lima
Por aí, com Nilson Lima

Nilson Lima é um apaixonado por corridas, entre maratonas e ultras, prova de 42k e acima, foram 271 pelo mundo, a pandemia adiou o sonho das 300, mas este sonho continua. Chegou perto do honroso sub3 na maratona, seu RP (recorde pessoal), nos 42k é de 3:00:02. A ultra maratona mais longa que fez foi de 135 milhas (217km). Já correu em 41 países, 5 continentes, 9 Boston, 7 Comrades (90k, Africa do Sul), as 6 Majors (Londres, Berlim, Toquio, Chicago, Boston e Nova Iorque), 50 maratonas nos 50 estados americanos e em todos os países da América do Sul. É grato pela maratona Nilson Lima de Uberlândia, única do país com o nome de um corredor. Parte da sua história está no livro "No caminho eu conto". Por aqui, pretende compartilhar histórias e experiências que sirvam de inspiração para estimular e promover a prática da atividade física em geral.

Leia também: Escolha