Faça login na sua conta!

Ainda não tem uma conta? Cadastre-se agora mesmo!

Mega Colunistas

Colunistas

Dicas de como equilibrar as finanças do casal

Publicado em 13/01/2022 - 08:10 Por Priscilla Mundim
destaque
Créditos da imagem: Priscilla Mundim (feito no Canva)


O maior erro de um casal é dividir as obrigações de uma casa meio a meio. Claro que isso vai dar errado, vai gerar cobranças e até conflitos mais graves dentro do relacionamento. As pessoas têm salários diferentes e devem contribuir no pagamento das despesas da casa de forma diferente.

 

Se os dois tem renda iguais, até dá para considerar essa possibilidade de dividir meio a meio. Mas se um ganha mais que o outro, a melhor maneira é aplicar a regra da proporcionalidade. Ou seja, quem ganha mais, vai pagar um pouco mais. 

 

Vamos dar um exemplo da família formada pelo Miguel e pela Laura.

 

Se a Laura tem um salário de R$ 6.000 e o Miguel só consegue tirar R$ 3.000, e as despesas compartilhadas dos dois chegam a R$ 5.000 por mês, dividir as contas da casa pela metade não faria sentido. 

 

Isso porque, o Miguel gastaria quase todo o salário dele para pagar contas domésticas e a Laura ficaria com muito mais dinheiro sobrando no fim do mês.

 

Pela técnica da proporcionalidade, a divisão das contas desta família deveria assim:

 

  • Laura: salário de R$ 6.000

  • Miguel: salário de R$ 3.000

  • Renda total da família: R$ 9.000

Diante disso, a Laura que recebe R$ 6.000 contribui com cerca de 67% da renda familiar. E o Miguel que recebe R$ 3.000 contribui com aproximadamente 33%.

 

Se o custo mensal de vida dessa família é de R$ 5.000, a Laura teria que bancar 67% de R$ 5.000 e o Miguel teria que bancar 33% dos R$ 5.000.

 

Assim: Laura vai pagar R$ 3.350 de despesa doméstica e o Miguel vai pagar R$ 1.650.

 

O dinheiro é um dos elementos que mais gera desgaste nos relacionamentos. Então:

 

  • Pensem como casal e não mais como dois solteiros. 

 

  • Os planos precisam ser conjuntos e a vida financeira também.

 

  • Conversem sobre dinheiro. Você precisa saber quanto seu parceiro ganha e como ele gasta.

 

  • Quem tem uma renda maior contribui com um valor maior no pagamento das despesas fixas de uma casa.

 

  • Sonhem juntos. Programem juntos. E façam o planejamento da família juntos.

 

Boa semana!

 

Priscilla Mundim

@primundim

 

Tags: finanças, dinheiro, família, casa, filhos, administração da casa, gastos, receitas, rendimentos, Gestão de Casa, poupar, investir
 Priscilla Mundim Priscilla Mundim
Gestão De Casa

Tenho 39 anos, dois filhos, marido, uma casa, um telejornal e vários outros projetos na minha responsabilidade. Sou economista e jornalista de formação. Tenho também mestrado em Ciências Econômicas pela UFU e outros cursos de aprimoramento profissional na área de planejamento financeiro. Moro em Uberlândia, trabalho na TV Integração - afiliada Globo - há 13 anos e sou editora-chefe do MG2, o jornal das 19h. Sejam muito bem-vindos!

Leia também: Dicas para elaborar seu planejamento de ano novo