Faça login na sua conta!

Ainda não tem uma conta? Cadastre-se agora mesmo!

Mega Colunistas

Colunistas

O Famoso Xadrez Humano De Marostica

Publicado em 26/02/2021 - 21:07 Por José Junior
destaque
Créditos da imagem: arquivo pessoal
A cidade medieval que parece cenário de filme 

No ano passado, a procura por xadrez atingiu a marcas recordes como há muitos tempos não acontecia. Eu, percebendo esta tendência, lembrei de uma cidade que visitei logo quando cheguei aqui na Itália, um lugar encantador, estou falando de Marostica, cidade na região italiana do Veneto, na província de Vicenza e que tem um tabuleiro de xadrez enorme na praça central. 

É provavelmente o jogo de xadrez mais famoso da Itália, embora quase ninguém saiba quem o vence. O tabuleiro de xadrez foi feito para que as peças da partida sejam pessoas, figuras em trajes renascentistas chamados a relembrar um jogo de xadrez que, no século XV, resolveu uma batalha que corria o risco de provocar uma guerra.

Ficou curioso? Vou te contar um pouco mais sobre esta história ! 

Aperte o play e vem descobrir comigo!



O jogo de xadrez humano de Marostica ficou conhecido no mundo todo e também foi reproduzido em algumas cidades. Em 1991, São Bernardo do Campo, “cidade irmã” de Marostica no Brasil, recebeu a disputa com figurantes marosticanos.

Para quem não tem a sorte de ver Marostica durante o período da partida de xadrez humano, vale a pena um passeio pela cidade.  Bem pequena e graciosa, com sua muralha e os castelos, é testemunha de uma época medieval majestosa e cheia de histórias. 

Espero que vocês tenham gostado! Se sim, compartilhe este conteúdo com seus amigos. 

Fale comigo no meu instagram: josejunior_jr 
Até a próxima! 

Tags: Italia, Vicenza, Europa, Marostica, Xadrez
 José Junior José Junior
Descubra Comigo

Sou um jornalista Mineiro de Uberlândia e filho adotivo da Itália, mestre em Comunicação Intercultural pela Universidade de Verona e Pós Graduado em Turismo pela Universidade de Pádua. Viajar e comunicar são duas paixões. Descobrir novos lugares e interagir com diversas culturas me move e me deixa vivo. Sou um curioso nato e isso me leva a novos caminhos que não fazem parte do turismo tradicional. Quer saber por onde ando? Quer descobrir novos caminhos? Venha e descubra comigo. Post novo todas as sextas feiras

Leia também: Bergamo Um Ano Depois Do Horror Do Início Da Pandemia